Surpreenda-se

Ceviche de linguado

Versão para impressão

Até os dias de hoje, a proveniência do ceviche é disputada entre Peru, Equador e Chile. Os três países têm uma enorme variedade de peixes e frutos do mar. Ceviche, seviche ou cebiche, dependendo do país de origem, são frutos do mar preparados pelo centenário cozimento através do contato com o suco ácido de frutas cítricas. O prato pode ser servido como entrada ou como principal, dependendo do acompanhamento. Sua preparação é quase um ato religioso, em que as diferentes regiões usam seus melhores ingredientes. Cada país sul-americano, às margens do frio oceano Pacífico, deu seu toque particular ao ceviche. No Peru, é servido com fatias frias de batata-doce cozida; no Equador, é acompanhado de batata chips e avelãs; no Chile, é feito com rodelas de cebola crua. O peixe mais utilizado no Pacifico é a corvina, que é bem diferente da nossa. Aqui, o linguado fica muito bom, principalmente o mais espesso.

Dificuldade
Tempo de preparo

até 45 minutos

Serve

8 pessoas

Ingredientes

Modo de preparo

  • 1 kg de filé de corvina ou linguado em cubos de 2 cm

  • 8 limões

  • 1 pimenta-dedo-de-moça sem semente em rodelas

  • 2 dentes de alho picados

  • 1/2 kg de cebola-roxa em rodelas

  • 3 colheres de sopa de salsão picado

  • 1 ramo bem pequeno de coentro picado

  • 3 espigas de milho cozidas em rodelas de 1 cm

  • sal a gosto

  • tomate em rodelas

  • camote (variedade de batata-doce) cozido em rodelas e limão em rodelas para enfeitar

Tempere os filés com sal, passe para uma tigela e cubra com o suco de limão. Junte a pimenta e o alho. Misture cuidadosamente. Cubra com a cebola, o salsão e o coentro. Acrescente o milho e deixe curtir por 1 hora, até que o peixe fique branco. Sirva em pratos decorados com rodelas de tomate, camote e limão.