Um tender diferente

Um dos pratos mais utilizados no Natal é o presunto tender, mas a gente deve esclarecer alguns fatos. O tender, como é chamado, é um presunto produzido em indústria com distribuição nacional. Milhares de municípios têm tender à venda em condição de refrigeração desconhecida. Por essa razão, a indústria teve que “temperar” o tender com temperos e aditivos químicos, como conservantes, estabilizantes etc. conforme consta nas embalagens do produto.

Modo de preparo

Para que a gente não tenha o retrogosto desagradável dos aditivos, recomendo o seguinte: coloque a carne na panela e cubra com água. Junte a erva-doce para aromatizar, a pimenta e o alho. O tempo de cozimento é entre 30 e 40 minutos dependendo do tamanho do tender. Podemos contar meia hora para um tender de 2 quilos. Depois do cozimento, passe um pouco desse caldo para uma panelinha e coloque a ameixa e cozinhe por 10 minutos. Retire da água e bata no liquidificador com o suco de limão até formar um creme espesso (se precisar junte um pouco da água do cozimento). Retire a carne da panela, pincele com a pasta de ameixa e leve ao forno preaquecido a 150ºC apenas para dourar. O tender estará mais suave e a ameixa dá um sabor delicioso de adocicado/azedo.