Paillard

É com o Filé Mignon que se prepara o conhecidíssimo paillard com fettuccine. A propósito, não podemos deixar escapar a oportunidade para fazer um importante esclarecimento: para muitos, paillard é a carne cortada em fatias finas, já que no prato com fetuccine, se o fettuccine é a massa, o paillard só pode ser a carne. Engano grosseiro! paillard, ou melhor, paillarde, é um prato criado por um famoso chef parisiense do século XIX, chamado Paillarde. É uma fatia fina de vitela ou de entrecôte, ligeiramente batida e grelhada sem condimento. Sal e pimenta-do-reino, só depois de pronta e servida com gotas de suco de limão. O Paillarde foi um restaurante frequentado pela elite da época, entre eles o futuro rei Eduardo VII. Assim, o nome correto do prato é fettuccine à paillard, em homenagem ao seu criador.

Modo de preparo

Preparar Paillard de Filé Mignon é simples, mas alguns cuidados devem ser tomados. Por ser fatia muito fina, é realmente melhor para conservar a suculência, temperar com sal apenas depois de pronto. Com cuidado, com pouco sal.
 Uma pitada de pimenta-do-reino moída na hora sobre a carne ainda crua melhora em muito seu sabor.
 A frigideira, de preferência, deve ser de ferro, daquelas bem pesadas, e bem aquecida antes de colocar a carne pra grelhar. Para acompanhar, nada como fettuccine na manteiga com ervas frescas
, purê de batata ou de mandioquinha.