Omelete com cogumelo-de-paris

De tempos em tempos, os ovos são condenados e absolvidos. Felizmente, neste momento, estão absolvidos, fazem bem pra saúde, blá, blá, blá. Em outros, aumentam o colesterol, entopem artérias, fazem mal à memória etc. Nunca deixei de comer ovos ou aumentei o consumo por uma ou outra capa de revista semanal. Como sempre, o segredo está na moderação, na alimentação variada, que além de mais saudável é muito mais gostosa. Vários ingredientes combinam muito bem com ovos, cogumelos em geral, purê de batata, salmão, camarão e haddock, entre outros. Agora será a vez do cogumelo-de-paris.

Modo de preparo

Em uma frigideira média antiaderente, aqueça 1 colher de chá de manteiga e junte o cogumelo. Frite por 2 minutos, junte a cebolinha francesa e salgue suavemente. Quando estiver dourado, apague o fogo e retire da frigideira. Quebre os dois ovos em uma tigela, junte a água e bata com um batedor manual. Acerte o sal e a pimenta. Leve a mesma frigideira ao fogo alto, coloque a manteiga restante e despeje o ovo batido. Quando começar a dourar, com muito cuidado, levante um dos lados da omelete e vire sobre o outro. Abaixe o fogo e com a ajuda de uma faca, corte a parte que foi virada para cima abrindo uma bolsa. No corte, coloque o cogumelo com a ajuda de uma colher de sobremesa. Depois de um minuto, pode servir com uma boa fatia de pão italiano ao lado. Serve 1 pessoa