Bacalhau com piri-piri

Uma das boas receitas portuguesas de bacalhau é esse com piri-piri. A pimenta combina muito bem com o sabor intenso do bacalhau. Tive o capricho de manter a receita original com o glossário que muitas vezes é necessário: piri-piri = pimenta malagueta; travo = sabor; deita-se = coloca; lume = fogo.

Modo de preparo

Coloque o bacalhau de molho em água fria durante 24 ou 48 horas, conforme a grossura das postas. Disponha na parte baixa da geladeira e mude a água duas vezes durante o processo. Quando ficar no ponto, retire as espinhas e seque com um pano de cozinha. Aqueça o azeite em uma caçarola de barro e frite o alho e a piri-piri para que o azeite adquira um travo picante. Quando começar a tomar cor, retire o alho e a pimenta com uma escumadeira e deita-se na caçarola as postas de bacalhau com a pele para baixo. Cozinhe em lume brando por cerca de 8 minutos. Passado este tempo, para-se a primeira cozedura em azeite e coloca-se o bacalhau em outra panela com a pele voltada para cima e 4 colheradas de azeite. Leva-se a lume muito brando, mexendo devagar até que o azeite comece a ligar com a gelatina que se soltou do peixe. O peixe não deve ferver e o molho deve ficar esbranquiçado e não demasiado espesso. Sirva decorado com rodelas de alho frito e piri-piri. Dica: se não apreciar o sabor picante, esqueça a piri-piri e frite só os alhos. O prato ficará igualmente bom. Serve 6 pessoas