Alho de camisa (Ail en chemise)

Esta é uma daquelas comidas que assusta na hora em que aparece no prato, mas deixa saudade depois que termina. Saudade, de forma alguma é uma metáfora que insinua algum odor que não desaparece e sim a lembrança de uma deliciosa comida. O alho de camisa é um acompanhamento onde os dentes de alho permanecem inteiros, cremosos e muito saborosos, sem nenhum cheiro forte que afugente as pessoas.

Modo de preparo

Corte (com tesoura é mais fácil) a pontinha do dente de alho que fica virada para cima, não a ponta grudada na cabeça. Coloque o alho em uma panela pequena com água e sal para ferver, juntamente com o pedaço de pão. O pão servirá de catalisador para o cheiro do alho. Ferva por 10 minutos. Coe e jogue fora a água. Coloque o alho de volta à panela junto com o caldo de carne. Ferva por mais 15 minutos. Coe. Para servir, coloque o alho cozido sobre uma tábua. Prenda os dentes de alho, do lado não cortado, um a um com a lateral de um garfo. Com o outro garfo colocado junto com o primeiro deslize apertando o garfo contra a superfície. O alho sairá de dentro da casca e estará pronto para ser servido. O alho também poderá ser servido diretamente no prato de cada pessoa, instruindo-a para a retirada da casca. É divertido. Outra variante é depois de retirados da “camisa” passar rapidamente em uma frigideira com azeite. Só por alguns segundos. Não é para deixar fritar, senão endurece e perde a textura cremosa que caracteriza o prato. Dica: ele acompanha muito bem o pernil de cordeiro assado.